Baixar Microsoft Office

Disponibilizado inicialmente em disquetes, e posteriormente em CD’s-ROM utilizados para a instalação do programa em computadores pessoais, atualmente é possível baixar Microsoft Office tanto do site da própria fabricante como em portais que distribuem programas gratuitamente (neste caso, o usuário experimentará o produto apenas por um período de teste, que pode variar de 30 a 60 dias).

Criado em 1990, o Microsoft Office representou uma verdadeira revolução nos softwares de uso doméstico e profissional por permitir que usuários dos mais diversos perfis executassem tarefas como editar um texto, desenvolver apresentações com elementos gráficos e visuais com aspecto profissional e planilhas capazes de controlar os mais diversos gastos.

Tudo sobre o Microsoft Office

Para quem deseja utilizar o programa indefinidamente, é preciso inicialmente adquirir uma licença no site da própria Microsoft, cujo valor varia de acordo com o perfil do software adquirido.

A empresa permite que o comprador escolha entre três perfis de usuário (indo do mais básico ao mais avançado): student, Professional e business. A licença adquirida permite que o programa seja instalado em mais de um computador, utilizando o código fornecido pela empresa.

Durante a compra da licença, e antes de baixar o Microsoft Office, o internauta deve escolher a versão do programa que deseja instalar. É importante ainda verificar se seu computador possui capacidade técnica para rodar o produto adquirido adequadamente.

Depois de escolhida a versão do programa a ser instalada é hora de, oficialmente, baixar o Microsoft Office. Nesse ponto, devem-se digitar os códigos informados pela chave obtida após a aquisição da licença. O download será completado apenas com a inserção do código completo.

Em seguida, basta apenas fornecer as autorizações requeridas pelo sistema e continuar a instalação do programa até sua conclusão.

Versões gratuitas para baixar

O internauta que desejar testar o programa antes de adquirir a licença definitivamente pode recorrer a uma versão gratuita, disponibilizada em sites que fornecem programas a usuários via torrent.

Neste caso, o programa instalado pelo usuário contém as mesmas funcionalidades da versão Premium, mas costuma parar de funcionar após encerrado o período de teste. Por isso, essa aquisição é recomendada apenas para aqueles que não estejam usando seus computadores pessoais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *